domingo, 12 de fevereiro de 2012

TROQUEI O VÍCIO DA BEBIDA PELO DA CORRIDA

http://atarde.uol.com.br/esporte/noticia.jsf?id=5809635&t=Esporte+Amigo:+Jose+Amancio+67+trocou+o+vicio+da+bebida+pelo+da+corridaMatéria veiculada no Jornal A Tarde, edição de 11/02/2012

O Jornal A Tarde, principal veículo de comunicação escrita do Estado da Bahia, veiculou a matéria em referência, na sua edição do dia 11/02/2012.

Por se tratar de um jornal de grande circulação, minha história e meu exemplo de superação pode ser conhecido por milhares de pessoas.

Naquele dia, completei exatamente tres (3) anos e quatro (4) meses sem ingerir uma gota sequer de quaisquer espécies de bebidas alcoólicas.

Posso assegurar que minha vida mudou muito, para melhor, e que todo esforço que fiz para me livrar do vício pernicioso do álcool, valeu a pena.

Eu consegui parar de beber! você também pode CONSEGUIR......
















A mesma matéria foi veiculada no Jornal A Tarde "on line" , no formato abaixo.
"Esporte Amigo: José Amâncio, 67, trocou o vício da bebida pelo da corrida
Diana Gomes
Gildo Lima/Agência A TARDE
“Sempre conto que considero o dia 11 de outubro de 2008 a data do meu renascimento” diz o aposentado"
Em uma manhã ensolarada, José Amâncio chega ao Jardim de Alah, point dos corredores de Salvador, com uma disposição de dar inveja a muito jovem tirado a esportista. De short, camiseta, tênis e com um sorriso largo, o ex-bancário se prepara para mais um treino de corrida.
Aos 67 anos, o aposentado José Amâncio Neto escreveu a virada da sua vida com muito suor para trocar o vício da bebida pelo da corrida. Há apenas três anos, a mesa de um bar ou as festinhas regadas à bebidas em sua residência eram o local mais provável para seu paradeiro.
Por muito anos, sua fiel companheira foi a bebida. A cerveja era a preferida entre tantos outras opções que ele havia experimentado ao longo da vida. No início, ela servia como uma espécie de relaxante para o dia estressante que levava como gerente de um banco. Para piorar, o cargo de gerência também o forçava a cumprir uma dura rotina social, que quase sempre incluía a bebida entre os atrativos. Era um círculo vicioso.
Com a aposentadoria, o envolvimento com a bebida ficou ainda maior. Se nos tempos de gerente a cerveja só tinha vez à noite, como aposentado o dia estava livre para começar a beber pela manhã e só parar à tarde. E mesmo reconhecendo que bebia bastante, José Amâncio conta que nunca havia se incomodado com esse fato. “Quem bebe gosta de reunir a família, os amigos, que também bebem para jogar conversa fora. E eu gostava de beber. Me sentia bem, nunca cheguei ao fundo do poço”, lembra.
Até que no dia 11 de outubro de 2008 tudo mudou. Amâncio havia procurado ajuda médica para tentar emagrecer e parar de beber depois que identificou algumas alterações em exames. Recebeu então a prescrição de um remédio que o faria perder o gosto pelo remédio – ou seja, a cerveja – não mais desceria redonda.
E foi exatamente isso que acontece no dia 11 de outubro. O aposentado bebia em casa com a família quando começou a sentir um mal estar, que o fez parar de beber em definitivo.
Início da corrida - Quando parou com o álcool, foi um pulo para começar a correr. Ele que já fazia caminhadas na orla, procurou a ajuda de um profissional de educação física e entrou para um grupo de corrida. “O início é muito difícil. Quem não está acostumado a correr, corre 50 metros e acha que vai morrer. Correr com outras pessoas nos ajuda a não desistir”, diz.
A corrida fez com que Amâncio finalmente perdesse peso. Ele passou dos 100 para os 82 kg, além de ter conseguido normalizar as taxas de glicemia e triglicérides. “Hoje estou melhor do que quando eu tinha 40 anos”, afirma.
Depois de começar a correr contanto postes (o atleta corre de um poste até o outro, depois anda na sequência seguinte e assim por diante), hoje o aposentado de 67 anos gaba-se de correr provas de 5 km em 29 minutos e provas 10 km em 1 hora e 1 minuto. O objetivo agora é correr abaixo de 1 hora.
*Se o esporte é um grande amigo em sua vida, não deixe de mandar sua história para nós. E-mail: esporteamigo@grupoatarde.com.br

Perfil de José Amâncio Neto

Nascimento: 28.04.1944
Natural: Pedra Mole (SE)
Peso: 82 kg
Altura: 1,67 m
Ídolos: Presidente Lula e Padre Marcelo Rossi
Música: Asa Branca, Nossa Senhora e Noites Traiçoeiras
Hobby: navegar na internet, blogar e ver filmes na TV
Vício: corrida de rua
Começou a correr em: 2009
Família: Meu esteio de sustentação e apoio
Comida: Carneiro ensopado e bode assado
Filme: Impossível dizer. Já assisti a mais de 3.000 filmes e prefiro os mais antigos
Perfume: Azzaro
Sonho: Continuar correndo enquanto puder, participar da São Silvestre, fazer uma meia e quem sabe até uma maratona
Correr em equipe: Muito prazeroso e gratificante"
Comentários inseridos no blog do jornal:
Marcos César Nascimento De Lucena Lucena (16/02/2012 - 11:07)

Caro Amâncio, fico feliz te reencontrar. Trabalhamos juntos no BNB e vc foi meu gerente. Vc foi exemplo para todos nós, seja como gerente, como colega, e como ótimo administrador. Continue sua jornada prezado amigo e que Deus te dê forças para que nunca caia em tentação. A pior fase vc já passou, agora é seguir em frente. Que Deus continue te abençoando, Nobre Colega.
Ludmila Catalan (16/02/2012 - 10:39)
Ohhhh, adorei essa surpresa! Corro no Grupo Alta Velocidade e sempre encontro Sr. Amancio nos dias de corrida, uma figura super simpatica, fala com todo mundo... Sempre comento dele com as pessoas mais proximas. Joga duro Sr. Amancio!!!
Kleber Batista (15/02/2012 - 17:16)
um bom exemplo para os mais novos e os que bebem e saber gozar a vida e prolongala por muinto tempo kleber ex- ipiranguesse vivo na capital de washintgos tenho os 2 joelhos operado e nao para minhas atividades. va fundo amancio.
Orisvaldo Barbosa (15/02/2012 - 13:38)
É um exemplo a ser seguido. Parabéns Mestre Amâncio. São lições assim que devem ser disseminadas. A vida e a familia AGRADECEM e muito.

Nelson Costa (15/02/2012 - 10:30)
Mestre Amâncio, lembro do início da minha carreira no Banco do Nordeste em Alagoinhas quando você era o nosso Gerente Geral. Quantas lembranças boas. Parabenizo-te pela sua iniciativa das corridas e busca de uma qualidade de vida. Você é um espelho para muitos bancários e outras pessoas que elegem a atividade física como parte integrante da vida. Nos encontraremos em muitas corridas ainda este ano. Um grande abraço. Nelsão.

João Batista Dos Santos Santos (15/02/2012 - 08:16)
Tenho o privilégio de conhecer Amâncio há mais de trinta anos, estudar e trabalhar com ele. Um homem de bem, honesto, sincero, humilde, solidário, excelente pai de família, um bom colega e amigo. Posso corroborar integralmente a sua história, pois convivi de perto com ele e participei inúmeras vezes dos papos regados a muiita cerveja e uisque. Fico muito feliz, sinceramente, pela mudança em sua vida, resultado de muita força de vontade, determinação e apoio familiar. Que Deus o abençoe sempre.
Romeu Santos Santos (14/02/2012 - 17:41)
Prezado Sr.Amancio, Tive o prazer de te conhecer de perto, fiquei e fico muito feliz em ver tanta força de vontade, mais quando DEUS quer ninguem muda. Muito boa sorte!
Ana Lúcia Almeida (14/02/2012 - 17:37)
Parabéns, Seu Amâncio!! Que alegria ler essa matéria sobre o senhor!! Certamente estará, em breve, na São Silvestre! Um abraço da sua ex-vizinha!
Adão Lima (14/02/2012 - 10:18)
É isso aí Seu José Amâncio! Boa Sorte! Espero encontrá-lo em alguma corrida, quem sabe na São Silvestre deste ano. Abraço




Outros comentários, através de e-mails.
“CONCORDO COM VOCÊ, GALINDÃO,
E COM UM GALHINHO DE SALSA.
O QUE PARA NÓS É UMA CURTIÇÃO, PARA AMÂNCIO ERA VÍCIO.
E TODOS SABEMOS O QUE É PRECISO DE FORÇA DE VONTADE, DE LUTA, DE SACRIFÍCIO, PARA VENCER O VÍCIO.
E AMÃNCIO CONSEGUIU.
MESMO FORA DAS CORRIDAS ELE É UM VENCEDOR.
E EU LHE ADMIRO IMENSAMENTE POR ISSO.
TEM MAIS. ELE NÃO SE DEITOU SOBRE OS LOUROS DE SUA VITÓRIA PESSOAL.
COM HUMILDADE, GENEROSIDADE, GRANDEZA E ALTRUISMO, PROCLAMA O QUE OUTROS TERIAM VERGONHA DE PROCLAMAR: QUE FOI UM VICIADO.
E FAZ ISTO PARA INCENTIVAR OUTROS A FAZEREM O MESMO.
TENHO DOIS EXEMPLOS DISSO.
UM, NATURALMENTE, É AMÂNCIO. O OUTRO É UM SERVIDOR TERCEIRIZADO DA JUSTIÇA FEDERAL, CUJO NOME ME ESCAPA NO MOMENTO, JOILSON OU ALGO PARECIDO, TAMBÉM EX-ALCOÓLATRA, SEM PATROCÍNIO, QUE TREINA INDO E VOLTANDO A PÉ DE CASA PARA A SEDE DA JF NA SUSSUARANA.
NO POSTO DA CEF NA JF TINHA UM ARMÁRIO COM SEUS TROFÉUS E MEDALHAS, QUE ACUMULA SEM CESSAR.
MEU CARO AMÂNCIO CONTINUA SUA CAMINHADA COM A ADMIRAÇÃO E INCENTIVO DE SEUS AMIGOS.
SÃO DOIS EXEMPLOS DE VIDA E DE VENCEDORES QUE NÃO PRECISARAM DE NADA PARA VENCER ALÉM DA PRÓPRIA CAPACIDADE E FORÇA DE VONTADE.
UM GRANDE ABRAÇO E MUITA PAZ,
RICARDO MARTINS”
“ Prezado João Quirino,

Cada um tem o direito de tentar ser feliz e encontrar os caminhos que
nos leva a esse estado mental são diversos.

O amigo Amância encontrou seu caminho.

Eu, por exemplo, não dispenso uma cervejinha nos momentos propícios em
encontros como amigos, parentes, colegas, etc.E, a minha
maneira, sou tão feliz quanto o Amâncio. Estou, portanto, mais
próximo do modelo do João Querino, no particular.

Se eu tivesse o direito de escolha, eu preferiria mil vezes " bater a
caçuleta" em um mesa tomando cervejinha jogando conversa fora do que
cercado de todo o aparato tecnológico das UTIs ou de uma cama cercado
de gente me confortando para me encomendar ao infinito desconhecido

GALINDÃO”


> “CARO COLEGA BANCÁRIO APOSENTADO,
>
> QUANDO COMECEI A CORRER EM 1969 EM ITABUNA É JÁ AÍ EM SALVADOR EM FRENTE
> AO FORUM,POIS MORAVA AO LADO, E TRABALHAVA NA MATRIZ DO PAES MENDONÇA LÁ NA
> CONDE DOS ARCOS E IA ANDADO PARA O MESMO. NUNCA PAREI DE TOMAR UMAS
> CERVEJINHAS POR SINAL ELA FEITA ARTESENAL COMO EU FAÇO , ACHO QUE É MUITO
> LEGAL E NATURAL. A CERVEJA É MELHOR QUE CERTAS ÁGUAS , POIS A ÁGUA PODE
> ESTAR CONTAMINADA E A CERVEJA É PASTEURIZADA E É RICA EM VITAMINAS DO
> COMPLEXO B, ALEM DE SER UM PÃO LÍQUIDO , POIS É NOTADAMENTE FABRICADA DE
> CEREAIS. ACREDITO QUE DORMIR ENTRE 8 ATE ÀS 9 DEVE NOS AJUDAR BASTANTE POIS
> JÁ SE DIZEM OS ESTUDIOSOS QUE DE 9 ÀS 11 O CORPO TRABALHA PARA SE LIVRAR DE
> TOXINAS. MINHA MÃE QUE FARÁ, NESSA PRÓXIMA QUARTA, 104 ANOS NA CARTEIRA QUE
> O DIGA.
> COM PARCIMÔNIA NA LOIRA OU MORENA A NOSSA VIDA VALE A PENA(RISOS)
>
> BEIJO NO CORAÇÃO DO LEÃO
>
> QUIRINO”
>
Comentário feito através do Facebook>

Sr Amâncio,
Nos conhecemos a pouco tempo, desde que voltei a praticar esportes e fui contaminado pelo "vírus" das corridas de rua desde setembro-11 e também nos eventos organizados por Roberto Ribeiro DA Encarnacao.
De lá para cá, então passei a ficar seu fã, pois com a sua disposição e astral contribuindo para tornar nossas corridas matinais mais prazeirosas, além de ser um exemplo para todos nós mais jovens. Lembra 16 km da corrida da alegria, em pleno circuito do carnaval na 5a feira?

Vendo a matéria do Jornal A Tarde me torno cada vez mais seu admirador e por sua vitória, esta é constiuida a cada dia, trocando o vício da bebida pelo vício das corridas.

Sou filho de pai que perdeu a batalha para o alcolismo e sei de todo sofrimento que é este vício, não somente para quem é dependente e também para todos que o cercam.

Estaremos juntos a cada prova, como a do Itaigara no último domingo, nos embriagando de água mineral gelada, medalhas a cada circuito concluído e a sensação de bem estar por mais uma prova concluída.

Parabéns por mais uma dia de vitória. Sua nova legião de admiradores (novos "sobrinhos e fãs), estarão te incentivando sempre nessa luta.

4 comentários:

  1. Realmente é um prazer encontrar o Sr. Nas corridas matinais!!!!! Sem falar nas corridas pra valer, como foi a do último domingo!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Sr Amâncio,
    Nos conhecemos a pouco tempo, desde que voltei a praticar esportes e fui contaminado pelo "vírus" das corridas de rua desde setembro-11 e também nos eventos organizados por Roberto Ribeiro DA Encarnacao.
    De lá para cá, então passei a ficar seu fã, pois com a sua disposição e astral contribuindo para tornar nossas corridas matinais mais prazeirosas, além de ser um exemplo para todos nós mais jovens. Lembra 16 km da corrida da alegria, em pleno circuito do carnaval na 5a feira?

    Vendo a matéria do Jornal A Tarde me torno cada vez mais seu admirador e por sua vitória, esta é constiuida a cada dia, trocando o vício da bebida pelo vício das corridas.

    Sou filho de pai que perdeu a batalha para o alcolismo e sei de todo sofrimento que é este vício, não somente para quem é dependente e também para todos que o cercam.

    Estaremos juntos a cada prova, como a do Itaigara no último domingo, nos embriagando de água mineral gelada, medalhas a cada circuito concluído e a sensação de bem estar por mais uma prova concluída.

    Parabéns por mais uma dia de vitória. Sua nova legião de admiradores (novos "sobrinhos e fãs), estarão te incentivando sempre nessa luta.

    ResponderExcluir
  3. Amancio você é um grande exemplo! tenho muito orgulho de ser sua amiga. como terapeuta sei o valor de sua luta! Parabens amigo!!!!

    ResponderExcluir
  4. Amancio você é um grande exemplo! tenho muito orgulho de ser sua amiga. como terapeuta sei o valor de sua luta! Parabens amigo!!!!

    ResponderExcluir