terça-feira, 3 de abril de 2018

ELE MERECE OS PARABÉNS - DE NOVO

Entrevista veiculada no Informativo "Acontece" da Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Nordeste, edição nr 137, de 02/03/2018.




A imagem pode conter: José Amâncio Neto, sorrindo, em pé e atividades ao ar livre

José Amâncio 
Participante do Plano CV I 
"Lute com todas as forças e, sobretudo, confie em Deus e Todas as Nossas Senhoras!" 


José Amâncio, que foi destaque no Acontece há seis anos por ter trocado o álcool pela corrida, conta sobre sua nova batalha, agora contra o câncer de boca.

A edição nº 105 do Acontece, publicada em junho de 2012, trouxe a história do aposentado de Salvador/BA, José Amâncio Neto. Intitulada “Ele merece os parabéns”, a reportagem mostrou a garra do nosso Participante que conseguiu trocar os bares da capital baiana pela corrida de rua. Seis anos após aquela publicação, trazemos mais uma história de superação de José Amâncio, contada pelo próprio Participante, que certamente inspirará muita gente: a batalha travada contra o câncer de boca descoberto há quase um ano. Confira! 

A DESCOBERTA DO PROBLEMA 
No dia 28 de abril de 2017, dia do meu aniversário de 73 anos, infelizmente tive que conviver com dois fatos extremamente contraditórios. De um lado, recebi centenas de mensagens me parabenizando, elogiando minha saúde, me enaltecendo pela excelente decisão que tomei de abandonar o vício do álcool e me tornar um corredor. De outro lado, tive a confirmação dos médicos de que portava um câncer de boca, localizado na base da língua, causado sem sobra de dúvidas pelo uso do cigarro, hábito que cultivei por mais de 40 anos. 

COMO ENCAREI A NOTÍCIA 
Assim como na prática de atividades físicas, que se a pessoa não quiser, realmente não consegue fazer, assim também é o tratamento que ia me submeter nos próximos dias: se eu não me esforçasse, não aguentasse o sofrimento, não adiantaria o esforço da família, dos amigos, dos médicos! Enfim, dependeria muito de mim e eu ali decidi que iria lutar. Seria minha primeira maratona. Cada dia de tratamento seria como um km percorrido. Seriam 33 dias úteis que teria de superar para atingir e cruzar a linha de chegada. 

O TRATAMENTO 
Foram 33 sessões de radioterapia e cinco de quimioterapia, que duraram 46 dias corridos. Depois vieram os 60 dias de espera para fazer o exame (PET/CT) apropriado para saber se o tratamento surtiu efeito. 

O MAIOR DESAFIO DURANTE O TRATAMENTO 
O maior desafio foi conseguir me alimentar. Na fase crítica do tratamento de radioterapia e quimioterapia, fiquei com a boca totalmente ferida e, além disso, sentia enjoos, falta de paladar e saliva, como também boca seca e amarga. Um horror! Mas em nenhum momento eu pensei em desistir! Para me alimentar, eu mandava bater a comida no liquidificador, botava xilocaína na boca e “engolia” a comida. Fiz isso durante vários dias. 

A SUPERAÇÃO 
Com muita fé em Deus e em Todas as Nossas Senhoras, consegui atravessar o período crítico sem muito me abater e, após 60 dias do término da aplicação dos medicamentos, o exame constatou que o tumor foi debelado! O alívio foi grande, mas os problemas de falta de apetite, paladar e saliva, boca seca e amarga continuaram. Precisei de muita resignação para suportar. Depois surgiu uma inflamação na boca que não sarava de jeito nenhum. Só depois que fiz uma nova Ressonância, que constatou não haver recidiva do tumor, foi que me conformei e passei a tentar levar uma vida normal, mesmo com o desconforto que ainda sinto. 

LIÇÕES QUE INSPIRAM
O câncer é uma enfermidade que a gente não pode dizer que está curado! Há um período de espera de no mínimo cinco anos para tal. Se a pessoa ficar com medo, não consegue viver. Durante o período mais crítico do tratamento fiquei bastante debilitado e perdi quase dez quilos, mas logo que recuperei um pouco minhas forças, voltei a fazer atividades físicas, começando com caminhadas leves, evoluindo paulatinamente até voltar a correr em ritmo moderado! Assim, estou treinando quase regularmente. Já participei de três corridas oficiais e ainda faço musculação na academia e hidroginástica duas vezes por semana. Assim, o que posso dizer é que câncer é sofrimento, mas não é sentença de morte. Quem tiver o infortúnio de ser acometido, lute com todas as forças e, sobretudo, confie em Deus e Todas as Nossas Senhoras!




quarta-feira, 28 de março de 2018

Salvador Ganha Uma Nova Corrida

Texto Veiculado em meu blog Correr não idade, no Jornal Corrida, edição de 27 de março de 2018
sé AmâncioEm comemoração aos 469 anos de aniversário, a cidade de Salvador ganhou de presente uma nova corrida de rua, realizada neste domingo 25 de março de 2018. SALVADOR 10 MILHAS. Apesar de o aniversário ser no dia 29/03, os organizadores optaram por fazer a prova no fim de semana, abrindo assim a possibilidade para mais soteropolitanos e visitantes, já que o dia não é feriado.
A intenção óbvia é transformar essa corrida num evento turístico, como já ocorre na coirmã Aracaju, no vizinho Estado de Sergipe, cuja prova já chegou à sua 35ª edição e o sucesso só faz aumentar. Como lá é feriado, a corrida é realizada no dia do aniversário (17/03), o que dificulta para corredores de outras cidades. Em Salvador, tiveram a felicidade de programar para uma data móvel, sempre no fim de semana anterior ao aniversário.
Com um percurso diferente dos tradicionais Jardim de Alá e Farol da Barra, a nova prova apresentou também uma novidade em termos de distância, oferendo ao corredor/corredora a opção de 10 milhas (16 km), intermediária entre os costumeiros 10 km e 21 km. A largada ocorreu no bairro do Rio Vermelho, recentemente requalificado pela Prefeitura e onde se encontram muitos casarões, transformados em bares, casa comerciais e hotéis. Em seguida vem o bairro de Ondina, passando depois pelo Cristo da barra até chegar ao Farol, principal cartão postal da cidade. Logo adiante está o Porto da Barra, onde começa a famosa ladeira da barra, que é muito acentuada e tem 900 metros de extensão.
Após a referida Ladeira vem o bairro da Vitória, rumo ao Campo Grande, Avenida Contorno e no meio da prova se encontra a Igreja da Conceição da Praia, que fica nas proximidades dos conhecidos Elevador Lacerda e Mercado Modelo e de onde largaram os corredores das cinco milhas. Daí em diante o trajeto da prova foi no sentido da Igreja de Nosso Senhor do Bonfim, passando pela Calçada, Obras Sociais Irmã Dulce com chegada à Ponta de Humaitá, outro lindo cartão postal.
Ainda em recuperação do meu problema de saúde, fiz apenas o trecho de cinco milhas, com o objetivo de prestigiar o evento, participar da festa e rever os amigos/amigas que a corrida me presenteou.
A cidade de Salvador passa por um bom momento em termos de inclusão de novos locais para treinar. Muitos pontos da orla foram revitalizados, a exemplo do Aeroclube, Rio vermelho, Piatã, Itapoã e outros. Vale destacar o novo Parque da Cidade, que ficou excelente.
Assim, podemos dizer que a cidade está de parabéns, tanto pelo aniversário, como pelo valor que vem dando a esse esporte tão salutar chamado CORRIDA e que cada dia encanta mais seus praticantes.
Até breve…

sexta-feira, 9 de março de 2018

XXXVIII CORRIDA ITAIGARA

A imagem pode conter: José Amâncio Neto, sorrindo, em pé, criança e atividades ao ar livre





XXXVIII Corrida Itaigara, realizada em 04/03/2018 pelas ruas do bairro aonde eu moro, em Salvador, Bahia. Registro feito pelo excelente fotógrafo Alberto Rezak Primeira prova que fiz depois do meu tratamento do câncer de boca que me atingiu, sem andar nenhuma vez nos 9,2 km! Agradeço ao amigo Valdir Landulfo, que me acompanhou e incentivou durante todo o trajeto e, sobretudo, a Deus e a Todas Nossas Senhoras por essa benção que me foi concedida




A imagem pode conter: José Amâncio Neto, em pé, shorts e atividades ao ar livre

XXXVIII Corrida do Itaigara abriu o circuito de corridas da Associação dos Veteranos de Atletismo da Bahia – AVAB, contando com o apoio da Federação Bahiana de Atletismo, do Esquadrão Águia da Polícia Militar e da Prefeitura Municipal do Salvador.
O percurso é de cerca de 9.2km, com largada na frente do Parque da Cidade, seguindo em direção pela Av. ACM no sentido da orla, retornando no semáforo antes do Posto dos Namorados, seguindo  no sentido inverso da Av. ACM, passando em frente ao Shopping Itaigara, passando novamente em frente ao Parque da Cidade, seguindo pela Av. ACM no sentido do Shopping Iguatemi, entrando na Av. Paulo VI no Hiper Posto (1ª ladeira), seguindo pela Rua Edite Mendes da Gama e Abreu, retornando à esquerda (Rua das Hortências) e esquerda na Rua das Dálias, seguindo pela Rua Guillard Muniz até a esquina da Rua das Angélicas, entrando à direita, contornando a praça local, seguindo até entrar à direita na esquina da Rua Alexandre Humboldt, seguindo até a esquina da Fundação Baiana de Cardiologia, virando à direita, Rua das Hortênsias, contornando no primeiro retorno da Praça Ana Lúcia Magalhães, seguindo pela Rua Padre Manoel Barbosa, seguindo pela Rua Florentino Silva, seguindo pela Rua General Antônio Sampaio, entrando na primeira à direita Rua Érico Veríssimo, Rua Silvio Valente (em frente à SDU) Av. ACM, (pista lateral em frente ao Shopping Itaigara) entrando na esquina da Rua Reitor Macedo Costa, chegada defronte Empresarial Itaigara.

Esta foi a minha 77ª corrida oficial,  e 2ª do ano. 82ª medalha conquistada. Fiz o tempo de 01:12:37 e obtive a 150ª classificação no geral masculino e 8ª na minha categoria (70/74), que considerei muito bom, em vista dos problemas de saúde acima referidos.

Class. Nº Nome do Atleta Genero Nascimento Idade Tempo Equipe 

7 200 PAULINO SUEO FUKUNAGA M 01/01/1944 74 01:00:59 
8 123 JOSE AMANCIO NETO M 28/04/1944 74 01:12:37 FREE RUNNERS 
9 60 RUY MICUCCI FIGUEIREDO M 18/07/1947 71 01:13:16 AVAB PE DE VENTO 

150 123 JOSE AMANCIO NETO Master 70 28/04/1944 74 01:12:37 FREE RUNNERS

Nenhum texto alternativo automático disponível.
Nr. de peito
Nenhum texto alternativo automático disponível.
Medalha

Cheguei ao local da largada com bastante antecedência, a tempo de fazer estas fotos com os amigos.


A imagem pode conter: 3 pessoas, incluindo José Amâncio Neto, pessoas sorrindo, pessoas em pé, sapatos e atividades ao ar livre


A imagem pode conter: 5 pessoas, incluindo Tales De Sant'ana e José Amâncio Neto, pessoas sorrindo, pessoas em pé, sapatos e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, céu, atividades ao ar livre e close-up


A imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo José Amâncio Neto, pessoas sorrindo, atividades ao ar livre


A imagem pode conter: 4 pessoas, incluindo José Amâncio Neto, pessoas sorrindo, pessoas em pé, óculos de sol e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 3 pessoas, incluindo José Amâncio Neto e Cezar Augusto Fontanelli, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 3 pessoas, incluindo José Amâncio Neto e Ademir Urbano Araujo, pessoas em pé e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo José Amâncio Neto, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 3 pessoas, incluindo José Amâncio Neto, pessoas sorrindo, atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo José Amâncio Neto, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 3 pessoas, incluindo José Amâncio Neto, pessoas sorrindo, atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo José Amâncio Neto, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 3 pessoas, incluindo José Amâncio Neto, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre




A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre
Pronto para largar!



A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre
Dada a largada! Vamos q vamos amiga Alzira e amigos Ariston e Ademir.
A imagem pode conter: 4 pessoas, incluindo José Amâncio Neto, pessoas sorrindo, pessoas em pé, sapatos, shorts, criança, árvore e atividades ao ar livre
Amigo Valdir, ao meu lado do começo ao fim!

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, céu, campo de beisebol e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo José Amâncio Neto, pessoas sorrindo, pessoas em pé, sapatos, shorts e atividades ao ar livre



A imagem pode conter: 3 pessoas, incluindo José Amâncio Neto e Raimundo Jorge Kalile Passos, pessoas em pé, sapatos, shorts e atividades ao ar livre


A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo José Amâncio Neto, pessoas sorrindo, pessoas em pé, sapatos e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo José Amâncio Neto, pessoas sorrindo, pessoas em pé, sapatos e atividades ao ar livre


A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e pessoas em pé
Foi uma festa!!!

A imagem pode conter: José Amâncio Neto, sorrindo, em pé e atividades ao ar livre
Medalha nos pescoço!


A imagem pode conter: 4 pessoas, incluindo José Amâncio Neto, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 6 pessoas, incluindo Cezar Augusto Fontanelli e José Amâncio Neto, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre





A imagem pode conter: 5 pessoas, incluindo José Amâncio Neto, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo José Amâncio Neto, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre


A imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo José Amâncio Neto, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre











Até brave.....

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

MARATONA DE CARNAVAL - ULTRAMARATONA CONTRA O CÂNCER!

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, em pé e atividades ao ar livre
Foto feita por Roberto da Encarnação


Correr 42,195 km em cinco etapas não parece ser tarefas das mais difíceis, mas no meu caso, que estou voltando a correr aos poucos, depois de me submeter a um tratamento doloroso contra o câncer de boca que me atingiu, teve um sabor especial de vitória!
Como não sou adepto de participar da folia carnavalesca, nos dias do evento sempre preferi treinar e, simbolicamente, fazia uma maratona. Este ano, por conta do problema de saúde ao qual me referi acima, pensei que não ia ser possível, mas graças a Deus consegui e, na verdade, sem muito sacrifício. Nas fotos abaixo, a sequencia dos dias de treino.
Iniciei na sexta-feira, dia 09, correndo 7 km na Praça Ana Lúcia Magalhães e adjacências. Vesti a camiseta do evento – 3º Serjão Run, realizado em 06/05/2017 na Praia do Forte e foi o último que participei antes de iniciar meu tratamento, em 09/05/2017. Naquele dia, os amigos presentes me fizeram uma homenagem especial, que me levou às lágrimas. Fizeram um círculo de mãos dadas, me colocaram no centro, e cada um proferiu uma frase de incentivo para mim. Depois, por iniciativa da amiga Nilzete Pena, me presentearam com um lindo crucifixo. Foi um momento mágico.
O segundo dia foi um pouco mais puxado, pois corri 12 km no trecho Jd de Alá/terceira ponte/Jd Alá. Foi a primeira vez que corri essa distância, depois de minha volta. Surpreendentemente me senti muito bem e concluí sem maiores dificuldades. Vesti a camiseta do “Free Runners”, um grupo de amigos do qual participo, que durante todo o meu tratamento me apoiaram e incentivaram. Para mim foi muito importante.
No terceiro dia,  corri 7 km no Parque da Cidade. Vesti a camisa do Projeto Carcará by FFF, que me foi presenteada pela amiga paulista Fernanda Ferraresi Fernandes.  Esse Projeto, por ela idealizado, fez sucesso há quatro anos, incentivando as pessoas a perder peso. Na época, pesava 84 kg e consegui uma redução de 4 kg, o que me permitiu dizer que cheguei a um “sub-80 de peso”. FFF também escrevia em um blog no Jornal Corrida e fomos apresentados virtualmente por Roberta Palma, proprietária do Jornal. A conheço pessoalmente, pois participamos da 1ª NUTRIRUN SOLIDÁRIA, em abril de 2013 aqui em Salvador e em abril de 2014, nos encontramos no Santuário de Nossa Senhora Aparecida, aonde fui agradecer as bênçãos recebidas e comemorar meu aniversário de 70 anos.
Por ironia, quando estava fazendo o tratamento de radioterapia, minha maior preocupação era não perder muito peso. Para iniciar as sessões, é feita uma máscara moldada no rosto, com o objetivo de direcionar a radiação para o exato local do tumor. Então, se a pessoa emagrece muito, a máscara fica folgada e é necessário fazer outra, atrasando as aplicações! Foi uma luta hercúlea, pois fiquei com a boca totalmente ferida e para me alimentar era muito sofrido. Mas, reunindo todas as minhas forças e me apegando com Deus e Todas as Nossas Senhoras, consegui atravessar o período crítico, ingerindo só comida líquida e pastosa e tendo que anestesiar a boca com Xilocaína nas horas das refeições. Com efeito, perdi somente oito quilos dos 82 que tinha quando iniciei o tratamento e não foi preciso fazer outra máscara!

O percurso escolhido para o quarto dia da “maratona”, foi do Jd de Alá/Quartel de Amaralina/Jd de Alá, num total de 9 km. Não foi uma boa escolha, já que o mesmo está muito degradado, num descaso total do Poder Público! Usei a camisa do Grupo 
Corredores de Salvador, do qual também faço parte e recebi todo incentivo e orações dos amigos durante meus piores momentos de sofrimento.

Nos dias anteriores de treino, eu sempre contei com a companhia de alguns amigos (Eliana Macedo, Cristiane Silveira, Everaldo Pereira dos Santos, Socorro Bezerra), mas foi no último que me fizeram uma grata surpresa, com a presença de muitos deles. O responsável por essa adesão foi o amigo ultramaratonista 
Roberto Ribeiro da Encarnação, um dos maiores incentivadores do esporte (corrida) em nossa cidade. Foi uma festa! Escolhi a camisa com a inscrição FELIZ CORRENDO, pois realmente a corrida me faz feliz e quando estava imóvel recebendo as aplicações de radioterapia e quimioterapia, rezava e pedia a Deus que me permitisse voltar a correr. Esta camisa foi presente da amiga paulista Eliete Sobral, autora do site felizcorrendo.com . Nossa amizade surgiu virtualmente pelo fato de sermos blogueiros e apaixonados por corrida, mas tivemos oportunidade de nos encontrar pessoalmente já por duas vezes, sendo uma em São Paulo quando fui participar da 88ª São Silvestre em 31/12/2012 e outra vez aqui em Salvador quando ela e seu esposo Jesus Pinheiro vieram a passeio e não perdemos  a oportunidade de fazermos um treininho! Temos ainda em comum o fato de sermos devotos de Nossa Senhora Aparecida, que certamente intercedeu por minha cura!
A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sorrindo, atividades ao ar livre


Concluí a “maratona”, mas o tratamento de câncer é uma ultramaratona, sem data exata para terminar! Não se pode dizer que essa doença foi vencida, antes de um tempo mínimo de acompanhamento de cinco anos!



No meu caso, o exame PET/CT, realizado 60 dias após a última aplicação de radioterapia, constatou que o tumor foi debelado, graças a Deus! Foi nesse período de espera para fazer o exame que entrei em depressão, o que no nosso jargão de corredores posso dizer que “quebrei”, pois é realmente muito desgastante a expectativa de saber se o tratamento surtiu efeito ou não.



Não sei o quanto a paixão pela corrida de rua me ajudou e está me ajudando na luta contra o câncer! Só sei que, assim como nas provas que fiz, mesmo nas mais difíceis, como a 

Corrida Cidade de Aracaju, que foi meu desafio em 2013, nunca pensei em desistir! Assim, o que posso dizer é que estou de volta às corridas e isto me torna muito feliz!!!

Até breve...

Sexta-feira (09/02/2018)
A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé e atividades ao ar livre
Sábado (10/02/2018)
A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, em pé, shorts, sapatos e atividades ao ar livre
Domingo (11/02/2018)
Segunda-feira (12/02/2018)





Terça-feira (13/02/2018)

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, atividades ao ar livre e natureza
Jornalista Patrícia Abreu, Apresentadora do BARecord
A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, céu, shorts, oceano e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, céu, nuvem e atividades ao ar livre

Tales, Jacilene e Cézar Augusto


A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, em pé, oceano, nuvem, céu e atividades ao ar livre
Amaralina
A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé, céu, nuvem, oceano, barba, atividades ao ar livre e água
Roque Bilitário
A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, céu, nuvem, oceano, atividades ao ar livre e natureza
Everaldo, Albertina Bilitário, Almir Benevides e Socorro Bezerra


A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, céu, nuvem e atividades ao ar livre























Guilherme Góis, Beth Guedes, Gilka Bastos e Ailton Carvalho


A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, céu, nuvem, sapatos, atividades ao ar livre e natureza

Everaldo Pereira, Albertina Bilitário e Socorro Bezerra
A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, céu, atividades ao ar livre e natureza
Patrícia Abreu e Katia Maltez
A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, shorts, céu e atividades ao ar livre
Joelson, Antônio Alves, Ana Alice...
A imagem pode conter: 9 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre





bA imagem pode conter: 11 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, céu, shorts, sapatos e atividades ao ar livre
Jd de Alá

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, céu e atividades ao ar livre
Aeroclube


A imagem pode conter: 6 pessoas, incluindo Ana Alice, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé e atividades ao ar livre
Jd de Alá
A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, shorts e atividades ao ar livre